O significado das tradições de debutantes

Decoração de casamento Decoração de casamento 2018 Decoração de casamento preço Decoração de casamento igreja Decoração de casamento rustico Decoração para casamento rustico Decoração de casamento elegante Decoração de casamento 2019 Decoração de casamento mesa do bolo Casamento no campo à noite Decoração de casamento ao ar livre Decoração de casamento ao ar livre rustico Decoração de casamento em sitio rustico Casamento no campo decoração rustica Decoração casamento ao ar livre Decoração casamento sitia noite Fotos de casamento na praia à tarde Casamento na praia Decoração de casamento NA PRAIA Decoração de casamento na fazenda Decoração de casamento na praia Decoração de casamento na cidade

As tradicionais festas de 15 anos são um marco da adolescência feminina; mas você conhece os significados desse evento que transcende décadas e nunca sai de moda?

 

A cada ano, novas tendências e detalhes surgem e modificam as festas de debutante, para celebrar os 15 anos da menina, mas a essência delas continua a mesma. Existem duas origens para essa celebração – uma europeia e, outra, latina – e vamos falar sobre as duas!

Decoração de casamento Decoração de casamento 2018 Decoração de casamento preço Decoração de casamento igreja Decoração de casamento rustico Decoração para casamento rustico Decoração de casamento elegante Decoração de casamento 2019 Decoração de casamento mesa do bolo Casamento no campo à noite Decoração de casamento ao ar livre Decoração de casamento ao ar livre rustico Decoração de casamento em sitio rustico Casamento no campo decoração rustica Decoração casamento ao ar livre Decoração casamento sitia noite Fotos de casamento na praia à tarde Casamento na praia Decoração de casamento NA PRAIA Decoração de casamento na fazenda Decoração de casamento na praia Decoração de casamento na cidade

 

 

 

Vestido e valsa: o glamour europeu

Começando pela palavra “debutante”, sabemos que ela é original do francês débutante e significa “iniciante” ou “estreante”; por isso, o baile de debutantes desde o início foi considerado um rito de passagem para as jovens que, geralmente, completavam 15 anos. A ideia central da comemoração era inserir essas meninas na vida social a partir dessa idade, oficializando sua passagem para a vida adulta. Assim, elas começavam a frequentar reuniões sociais, seus trajes mudavam para roupas mais adultas e já eram permitidas a se casar.

Estamos falando da segunda metade do século XVI na Europa antiga, onde hoje estão situados países como França, Inglaterra, Áustria e Alemanha. As famílias nobres tinham então dinheiro para realizar grandes bailes para apresentar suas filhas à sociedade, visando atrair o maior número possível de jovens pretendentes a futuros maridos – é preciso lembrar que os dotes eram essenciais na época.

E você sabe, é claro, que existe uma troca de vestidos durante a festa, não? Essa troca se deve ao fato de que, naquela época, esse era o auge dos bailes, pois a garota trocava o vestido mais casual e infantil por um modelo mais adulto e sofisticado (de gala) depois da meia-noite, como uma princesa dos contos de fada, para dançar a valsa com seu pai.

E, sim, tem a valsa! Ela era a dança oficial, mas variava de acordo com costumes locais e regiões onde os bailes eram realizados. Hoje, a valsa é a dança oficial porque era a mais recorrente da época, misturando características alemãs e austríacas.

Depois disso, a popularidade desses bailes cresceu e se expandiu, principalmente após a Revolução Francesa, em 1789. E, com a fuga de famílias para as colônias, os bailes acabaram se popularizando por aqui também! Após certo período, ainda, as festas passaram a ser conjuntas, acontecendo em locais como hotéis, clubes e igrejas, por exemplo. No Brasil, a popularização de fato foi nos anos 1950 e sofreu algumas adaptações.

 

decoração madame fiori madame teenTradição asteca

A segunda origem é a mexicana. A civilização asteca e outros povos indígenas tinham diversas cerimônias para marcar a passagem de alguns estágios da vida. Nos países hispânicos, essa tradição asteca deu origem ao quinceañera, um rito que também marca a transição das meninas para a vida adulta, pois ela era apresentada como virgem para a comunidade.

É claro que, como dissemos, essas festas sofreram alterações e até já saíram um pouco de moda na década de 1980, quando as jovens preferiam trocar os bailes por presentes mais caros e viagens.

Hoje, essas festas acontecem com cara de balada, atores famosos são contratados como “príncipes” para o momento da valsa, e os vestidos de princesa continuam fazendo parte da tradição.

Neon, minissaia e tênis

Acompanhando as mudanças de cada geração, hoje as festas são mais expressivas, divertidas e informais, conquistando, assim, os adolescentes que não toleram muito tempo a gravata borboleta ou o salto alto.

Assim como os casamentos, as festas de debutantes também seguem tendências. Separamos algumas delas pra você:

  1. Tema Neon – moderno e divertido, deixa a festa com cores vivas em acessórios e enfeites, que brilham no escuro;
  2. Vestidos mais modernos – a menina troca o vestido clássico de princesa por um curto, com mais bordado, de vidrilhos, pérolas, paetês, etc., dando um ar mais moderno e personalizado;
  3. Smash the cake – nunca ouviu falar? É um ensaio fotográfico muito divertido com as amigas: todas se lambuzam no bolo com chantily;
  4. Bolo suspenso – mais conhecido como hanging cake, é um tipo de bolo que fica suspenso e em destaque na decoração;
  5. Tênis – juntar conforto com estilo é tudo de bom. Usar tênis na festa está em alta!

 

Essas e outras tendências deixam o evento ainda mais divertido e o diferenciam dos outros! Já sabe qual vai escolher?

E, para garantir a personalização da festa com muita beleza, conte com a Madame Teen: capricharemos na decoração do seu baile para torná-lo ainda mais inesquecível, com a leveza que os 15 anos pedem associada à perspicácia de ser jovem em dia!

 

//
Fale agora via whatsapp!